Voltar ao topo

Estrutura de Gerenciamento de Riscos

A gestão de riscos é considerada pela Up brasil como um instrumento vital para a otimização na utilização do capital e a identificação das oportunidades de negócios, visando a melhor relação Risco X Retorno para os acionistas.

Risco de Crédito – possibilidade de ocorrência de perdas associadas ao não cumprimento pelo tomador ou contraparte de suas respectivas obrigações financeiras nos termos pactuados, à desvalorização de contrato de crédito decorrente da deterioração na classificação de risco do tomador, à redução de ganhos ou remunerações, às vantagens concedidas na renegociação e aos custos de recuperação.

Risco de Liquidez – possibilidade de ocorrência de desequilíbrios entre ativos negociáveis e passivos exigíveis – “descasamentos” entre pagamentos e recebimentos – que possam afetar a capacidade de pagamento da instituição, levando-se em consideração as diferentes moedas e prazos de liquidação de seus direitos e obrigações.

Risco Operacional – possibilidade de ocorrência de perdas resultantes de falha, deficiência ou inadequação de processos internos, pessoas e sistemas, ou de eventos externos. Inclui o risco legal, associado à inadequação ou deficiência em contratos firmados pela instituição, bem como a sanções em razão do descumprimento de dispositivos legais e a indenizações por danos a terceiros decorrentes das atividades desenvolvidas pela instituição.

Gerenciamento de risco na Up Brasil é o processo em que:

  • São identificados os riscos existentes e potenciais de uma operação;
  • São estabelecidas a categorização e nivelamento do risco, frente às estratégias da empresa;
  • São aprovados políticas, procedimentos e metodologias consistentes com os limites de risco previamente estabelecidos.

Esse processo tem um caráter que permeia a totalidade da instituição, cuja alta administração, define os objetivos globais que são repassados sob a forma de metas e limites.

Em 2013, foi criado o Comitê de Riscos e Compliance, com o intuito de revisar as Políticas existentes, estudar a carteira de clientes e a concentração de riscos por rating, segmento, região geográfica entre outras variações.

 

Logo - POLICARD     image001